terça-feira, 27 de abril de 2010

Uma parte importante de Utinga: A feira livre

Posted by Julio Neto On terça-feira, abril 27, 2010

A partir de agora, passarei a contar a breve História do município de Utinga, lugar onde moro no interior da Bahia, de modo diferente. Essa história será contada a partir de imagens, trechos de entrevistas e os meus comentários, deixando de lado a ordem cronológica já bastante difundida pelos veículos oficiais de comunicação e informação.

Nessa primeira análise, selecionei uma imagem extraída do site bliblioteca digital do IBGE e, colocarei uma breve análise sobre o assunto nela retratado.



A imagem é uma fotografia da feira de comércio popular da cidade de Utinga, no interior da Bahia. Ela faz parte do acervo da Biblioteca digital do IBGE e é de autoria de Tibor Jablonsky, tendo sido produzida no ano de 1962. O principal meio de veiculação dessa imagem é a Internet, através do link http://biblioteca.ibge.gov.br/. Além dessa fonte, o município dispõe de um acervo de imagens e documentos em sua Casa de Cultura, porém, esses são pouco diversificados, limitando-se à imagens de ex-prefeitos da cidade.

A cidade de Utinga alcançou a sua emancipação política em 1953, porém, mesmo antes da sua breve história enquanto município, quando a cidade ainda era um pequeno vilarejo, o comércio popular representado principalmente pela feira livre, sempre esteve presente nos causos contados pela população local, fossem estes engraçados ou trágicos. Tal fato decorre(u) da grande importância desse tipo de atividade para regiões como o semi-árido baiano, pouco industrializadas e ainda distantes da padronização econômica imposta pelo sistema capitalista.

Assim, num cenário dominado por interesses de uma elite agrária e, simultaneamente eufórico com a conquista da autonomia política, registra-se através de uma imagem produzida em fevereiro de 1962, quando a cidade de Utinga se aproximava do seu nono aniversário, uma atividade que, indubitavelmente, é a expressão simples e pura da agregação social e cultural de uma população: a feira livre.